Arquivo

SAUDITAS DE OLHOS EM ANGOLA

0

A Saudi Aramco, petrolífera da Arábia Saudita, pode investir em Angola. Especialistas daquele país estão em Luanda para recolher informações sobre oportunidades de negócios em Angola, nos domínios de petróleo, gás, petroquímica e recursos minerais sólidos.

Três representantes do Ministério da Energia e Indústria e de empresas como… foram recebidos hoje, 16 de Abril, pelo Secretário de Estado da Geologia e Minas, Jânio Correa Victor, antes de iniciarem contactos com peritos angolanos ligados ao MIREMPET, SONANGOL, ENDIAMA, FERRANGOL E SODIAM.

Quando informados sobre as oportunidsdes de negócios proporcionados pelo Plano Estratégico de Licitações de Blocos Petrolíferos em Angola, 2019-2025, Khalid Alotaibi, o responsável do Departamento de Cooperação do Ministério saudita da Energia e Industria foi peremptório em afirmar que “a Saudi Aramco vê no Plano uma oportunidade participar dos concursos e procurar actuar em Angola”.

Por seu turno a mineradora Ma’aden, vocacionada à exploração de fosfatos, ouro e alumínio vê-se interessada em oportunidades em Angola, tendo em conta a materialização do seu plano de crescimento.

A Saudi Aramco é a companhia petrolífera saudita (estatal 65%) e a maior companhia do ramo do mundo em termos de reservas de óleo cru e de produção, com um valor estimado em até 2 triliões de dólares dos EUA no Financial Times, o que a torna a empresa mais valiosa do mundo. Baseada em Dhahran, a Saudi Aramco opera também a maior rede mundial de hidrocarbonetos, a Master Gas System. Formalmente, é conhecida como Aramco, acrónimo em inglês de Companhia Petrolífera Américo-saudita.

Até quarta-feira, delegações de Angola e da Arábia Saudita vão prosseguir a troca conhecimentos sobre oportunidades recíprocas de negócios, visando a visita do ministro Saudita a Angola e uma possível deslocação do ministro angolano Diamantino Azevedo àquele país

PONTENCIAL DO LULO ULTRAPASSA OS 90%

Anterior

1º Fórum das Câmaras de Comércio e Indústria de Angola

Próximo

You may also like

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Arquivo