Noticias

Parceria Angola e Dubai

0

 

 

“O novo centro Global para os Diamantes de Angola destinados a ligar os negócios de Angola com oportunidades de comercio internacional de Diamantes através do Dubai durante tempos desafiantes pelo COVID-19”

Foi o tema escolhido para o seminário “Webinar” que decorreu hoje (19/11) organizado pela câmara de comercio e indústria de Angola e Dubai Multi Commodities Centre (DMCC).

Foram oradores do Seminário virtual, o conselheiro especial do Ministro de recursos minerais, petróleo e gás de Angola, Mankenda Ambroise, o Presidente do Conselho da Administração da ENDIAMA.EP, José Manuel Augusto Ganga Jr, o Presidente do Conselho da Administração da SODIAM, Eugénio Pereira Bravo da Rosa, Presidente da câmara de comercio e industria de ANGOLA-UAE, Bráulio Mohammed Martins, Representante regional para o médio oriente e África, Mohammed Al Falasi e o conselheiro especial de pedras preciosas da DMCC Martin Leake.

Mankenda Ambroise, que esteve em representação ao Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, congratula-se com essa iniciativa, “acreditamos que é o momento certo para empresários interessados virem investir na indústria diamantífera Angolana, em 2019 Angola contribuiu para o mercado Mundial com 7% em quilates e 9% em valores o que posicionou o País na classificação Mundial nos primeiros primeiros 5 relacionados na produção, e o 4 em valores.” Referiu

O conselheiro do Ministro, convidou as empresas dos Emirados Árabes Unidos (EAU) para juntarem-se a iniciativa e serem membros de acordo com os requisitos estabelecidos, “o sector oferece oportunidades de negócios, em suma existe uma grande variedade de oportunidades para fazerem negócios na indústria dos diamantes em bruto, e Angola irá assegurar o apoio ao seu investimento” garantiu.

Na ocasião o PCA da ENDIAMA.EP Ganga Júnior, revelou que, “hoje estamos com uma produção media Anual de 9 Milhões de quilates até 2019, a nossa pretensão seria 2020 passar para os 10 Milhões de quilates, 2021 contávamos com cerca de 11 Milhões de quilates, e perspetivando 2022 situar-se próximo dos 14 Milhões de quilates, a nossa faturação Anual para este Ano rondará na ordem de 1 200 000 000 00, 1 300 000 000 00 Mil Milhões de USD é a nossa expectativa de faturação.

Tivemos que ajustar o nosso programa de produção em 20%, daí adotar a estratégia que permitisse que a empresa continuasse a trabalhar sem vender tanto, felizmente já começamos a notar uma certa mudança no mercado hoje já começamos gradualmente a vender e estamos convencidos que a situação tende para melhor”. Frisou

 

O evento da iniciativa, da Câmara de Comércio e Industria Angola – EAU e a DMCC, teve como objectivo atrair investidores, promover e  divulgar as oportunidades de negócios Existentes em Angola.

 

 

 

Bolseiros pela ENDIAMA regressam ao País

Anterior

Fundação Brilhante: nomeada comissão instaladora

Próximo

You may also like

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Noticias