Arquivo

ALROSA DÁ O PRIMEIRO PASSO PARA A REABERTURA DA MIR

0
Logo da ALROSA, na sede da empresa, em Moscovo. Foto de: Polina Devitt (AGÊNCIA REUTERS)

A ALROSA começou a perfurar a sua mina Mir para testar se a reabertura do seu depósito é economicamente viável.

Esta fase, que será realizada até 2021, por um lado, ajudará a definir as dimensões da mina e reavaliar a qualidade de seus diamantes, por outro lado, permitirá medir o nível de segurança do local, informou ALROSA em comunicado.

A diamantífera russa gastará 2 bilhões de RUB ( cerca de USD 32, 5 milhões), para a conclusão da primeira fase dos trabalhos.

Se os resultados forem positivos, diz o comunicado, a empresa enviará um relatório final à Comissão de Reservas Minerais da Rússia em 2022 e começará a reconstrução da mina da Mir em 2024 o mais cedo possível.

A ALROSA suspendeu a actividade de mineração em Mir em Agosto de 2017, após uma inundação que matou oito funcionários.

FONTE: Rapaport

ENDIAMA em destaque no Jornal de Angola

Anterior

PCA acompanha trabalhos no Luaxe

Próximo

You may also like

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Arquivo