Arquivo

Revitalização de minas já surte efeitos

0

O Presidente do Conselho de Administração da ENDIAMA E.P. garantiu hoje (23.12), ao colectivo de trabalhadores, ter já concluído o programa de reestruturação da Empresa, uma estratégia definida há dois anos aquando da sua nomeação para liderar a diamantífera nacional.

Outro objectivo que ganhou espaço neste mesmo ano, foi o relançar de alguns projectos para o aumento da produção de diamantes e a criação de condições para expandir a cadeia de valor diamantífero.

“Continuamos a ter o Catoca na vanguarda e o que nós pretendemos é que tenhamos outros Catocas, outras as minas a  funcionar bem e começamos a ter já os primeiros resultados”.

Pensamos interferir também, numa primeira fase, na lapidação e numa etapa subsequente, na joalharia”, sublinhou.

José Manuel Ganga Júnior, acrescentou que a nova política e o regulamento técnico para a execução da comercialização de diamantes  foram também medidas que animaram o ano de 2019. Apostas que segundo o responsável, permitiram ao Conselho de Administração melhorar as condições sociais do colectivo de trabalhadores da empresa.

Já o Secretário geral da comissão sindical, Pedro Muxito, fez saber que o seu grupo de trabalho está aberto à cooperação com o Conselho de Administração para juntos ultrapassarem as questões sociais dos profissionais da Empresa Nacional de Diamantes de Angola.

Estas afirmações foram proferidas por ocasião da cerimónia de cumprimentos de final de ano, que juntou na sede da ENDIAMA E.P., o Conselho de Administração e trabalhadores da instituição.

 

 

 

 

 

 

Entrevista do Administrador Laureano Paulo à TPA

Anterior

Domingas e o sonho da casa própria

Próximo

You may also like

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Arquivo