Noticias

Lunhinga absorveu trabalhadores da SM Luó

0
Visita do PCA da ENDIAMA E.P. à antiga Sociedade Mineira do Luó (Arquivo)

Cerca de 350 trabalhadores da extinta Sociedade Mineira do Luó foram integrados no Projecto Lunhinga, informou hoje (14/10) Fernando Sebastião, membro da comissão de gestão do projecto, durante o programa radiofónico “A voz do mineiro”.

As colocações ocorreram de acordo com as  valências dos colaboradores, sendo que as transferências foram formalizadas mediante negociações individuais, processo que foi comunicado ao Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS).

Fernando Sebastião referiu que após a transição, as condições adquiridas por grande parte dos quadros durante a época em que operaram no Luó foram salvaguardadas, assim como a manutenção do tempo de trabalho acumulado, o que permitirá que a condição dos funcionários no Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) esteja regularizada.

O trabalho está em fase de finalização, e com abrandamento das restrições impostas pela covid-19, há já condições para dar tratamento aos processos dos trabalhadores ausentes, disse.

Situado na Província da Lunda-Norte, o Lunhinga é um projecto de exploração dos Kimberlitos de Camatchia e Camagico, que está a ser gerido por uma comissão de gestão nomeada pela Empresa Nacional de Diamantes de Angola.

ITIE apoia adesão de Angola

Anterior

Saurimo: Pólo diamantífero fomentará industrialização e emprego

Próximo

You may also like

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Noticias